Virei noiva e agora? Parte 1 – Os primeiros passos

Publicou em 16 de janeiro de 2017 · em Blog

O pedido de casamento é um dos momentos mais lindos de uma história de amor, mesmo que muitas vezes não haja um pedido formal, mas só um consenso entre as partes de que chegou a hora de casar, não deixa de ser um momento lindo. Aliás, aqui vai a primeira dica: Noivos e Noivas (porque mulher também pode), vocês já estão namorando há um tempão, ou mesmo morando juntos, mas decidiram que vão fazer uma festa de casamento. Não deixem esse momento passar em branco com uma simples conversa, desfrutem ao máximo que puderem essa magia do casamento, então nem que seja um jantarzinho romântico tem que ter neste dia!

santorini-marriage-proposal-ideas

Ok, pedido feito, vamos para a primeira coisa que vocês devem fazer, e você noiva, principalmente:

Mantenha a calma!

Quando se ativa o modo noiva em uma mulher, é muito normal que de um dia para o outro já comecem os sintomas de ansiedade, confusão e nervosismo. E ser uma noiva estressada dessas de filme, definitivamente não é legal, só funciona no cinema. Na vida real, o stress pode te deixar perder todo encanto deste processo, e vocês não precisam passar por isso.

Calmos e serenos, vamos ao segundo passo. Por mais que a maioria achem que o próximo passo é escolher a data, não é bem assim. Vocês podem claro, ter as preferências, de meses ou estações do ano, mas há duas coisas que precisam ser definidas antes da data.

1 – O estilo do casamento

Isso é fundamental, porque digamos que você seja uma noiva de Florianópolis e que seu sonho sempre foi casar ao ar livre, em um jardim lindo, ao entardecer… se você decidir por este estilo de casamento, você não pode casar na primavera de Floripa por exemplo, em que há anos que se tem 10 dias ininterruptos de chuva. Ou então você quer casar na praia, com o pé na areia, no final de tarde, justamente na hora que vem aquela chuva de verão e vai molhar todos os seus convidados. Por isso, a primeira coisa a se decidir é o estilo do casamento, para só depois começar a escolher a data.

couple-organization

2 – O seu orçamento

Gente, casamento é um sonho, mas todos nós vivemos em uma realidade. O seu casamento não vai ser diferente, você vai precisar ajustar o seu sonho ao seu orçamento. Por isso é muito importante que o casal logo no começo, defina quanto possui pra gastar, estipulem um teto de gastos, com dois níveis: o desejado (que se queria gastar) e o flexível (que pode se gastar), pois às vezes as coisas mudam. Pensar o orçamento, antes da data, vai te ajudar também nisso, porque há meses em que casar é mais barato e em outros os valores podem triplicar.

Estilo e orçamento pensados. Agora é a hora de escolher a data não é mesmo? Não é não!

O próximo passo é contratar uma assessoria de casamentos.

Queridos casais, por mais que possa parecer que a gente quer que vocês nos contratem ( é lógico que a gente quer ), mas não se trata apenas disso. Só quem já vivenciou tantos casamentos nestes mais de 12 anos de carreira, sabe a importância de que vocês tenham alguém com quem contar durante as etapas de um casamento e o grande dia, e até depois do casamento. Por isso não se trata de puro marketing, mas sim de uma necessidade para quem vai casar.

wedding-date2

Uma assessora vai poder te ajudar a resolver várias destas questões que já conversamos lá no começo do texto.

  • Conciliar estilo com orçamento.
  • Saber dentro do orçamento de vocês qual o melhor mês para casar.
  • Conhecer lugares que possuam as características do estilo do casamento de vocês.
  • Definir uma data, para partir para as próximas etapas.

Estilo, orçamento e assessoria escolhida. Chegou a hora da nossa primeira reunião, vamos tomar um café, nos conhecer e descobrir quais são as próximas etapas do seu casamento!

Mas isso é assunto para outro post, nos vemos em breve!

Antes disso, se você quiser marcar uma reunião é só clicar aqui!